5 dicas para reduzir os custos da sua empresa

Home / Dicas de gestão / 5 dicas para reduzir os custos da sua empresa

No atual momento por que passa a economia brasileira, reduzir os custos da empresa pode determinar a sua sobrevivência e a manutenção do seu negócio. Algumas reduções podem ser alcançadas imediatamente. Outras requerem planejamento e um estudo mais detalhado.

O importante é que o foco seja sempre na redução dos custos. Alguém já disse que “custo é igual à unha: deve-se olhar para ele todo dia e cortá-lo uma vez por semana”.

Assim, listaremos, neste post, cinco dicas para reduzir os custos da sua empresa. Se você é empreendedor ou mesmo gestor de uma pequena empresa, seu lugar é aqui. Confira!

1. Reavalie seu regime tributário

Um dos maiores responsáveis pelo famoso “Custo Brasil” é o nosso complicado sistema tributário. O primeiro tópico para que chamamos a atenção é justamente o relacionado aos tributos.

Reavalie seu regime tributário. Contrate uma empresa especializada para tal, com o objetivo de redefinir o que é mais indicado para o seu negócio, dependendo do estado e da cidade onde sua companhia está instalada e do ramo de sua atividade.

Faça simulações com o seu contador e opte pelo que menor custo trouxer, respeitando todas as determinações previstas em lei.

2. Negocie com seus fornecedores

Nos dias atuais, quando todos estão sofrendo com a dificuldade econômica, é uma boa prática chamar seus fornecedores para uma nova rodada de negociação.

Avalie a redução dos preços contratados ou um maior prazo de pagamento ou, até mesmo, considere a troca por um novo fornecedor que consiga reduzir o preço do produto ou serviço ofertado. De qualquer forma, é fundamental que não haja perda de qualidade em qualquer novo acordo.

3. Invista em um sistema de gestão

Procure se informar sobre a contratação de um sistema de gestão. Há, no mercado, várias alternativas que possibilitam um gerenciamento de todas as informações de sua empresa, desde a entrada de um produto até o controle do recebimento de um pagamento por parte de seu cliente.

Independentemente do porte ou do ramo de atividade de sua empresa, os sistemas de gestão podem ser adquiridos ou utilizados como serviço. Nesse último caso, o pagamento será feito somente quando alguma operação for registrada no sistema.

Os sistemas de gestão são poderosas ferramentas para a simulação e para o acompanhamento da saúde financeira de sua empresa, além de facilitarem a gestão e o atendimento às exigências dos governos municipal, estadual e federal.

4. Compreenda as suas pequenas despesas do dia a dia

Faça um levantamento de todas as suas despesas do dia a dia, tais como:

  • energia elétrica;
  • água;
  • material de manutenção e limpeza,
  • cópias e reproduções;
  • taxi, motoboy e despachantes;
  • suprimentos de informática;
  • internet;
  • copos de água e café;
  • lanches;
  • aluguéis e condomínio, etc.

Avalie quais despesas podem ser cortadas, minimizadas ou mesmo suprimidas. Fazendo uma analogia, ao contrário do que nossas avós contavam, é de grão em grão que o saco se esvazia. Portanto, as pequenas despesas somadas representam um valor significativo ao término de cada mês.

5. Reduza o turnover

Tente evitar ou reduza ao máximo o turnover dos seus colaboradores. Tanto para a admissão quanto para a demissão, existem custos obrigatórios que sacrificam seu fluxo de caixa. Além do que, existe, também, o tempo necessário para a seleção, o recrutamento, a contratação e o treinamento das novas pessoas no seu ambiente de trabalho. E há todo um custo demandado por essas operações e pelo envolvimento de outros colaboradores para o treinamento.

Agora que você já viu cinco dicas para reduzir os custos da empresa, deixe o seu comentário neste post e ajude-nos com outras sugestões que julgar interessantes.

Comentários(0)

Deixe um Comentário