7 Dicas infalíveis para melhorar a produtividade na empresa

Home / Dicas de gestão / 7 Dicas infalíveis para melhorar a produtividade na empresa

Melhorar a produtividade nas empresas é algo que, absolutamente, todos os gestores buscam. Há uma série de fatores que impulsionam esse resultado, mas, em tempos de contenção de custos, redução de mão de obra e outras dificuldades, muitos empresários não encontram opções para driblar o cenário que se apresenta.

Uma das maneiras de se sobressair nesse contexto é pensar em algo que estimule a equipe. Afinal, sem ela, o sucesso do negócio é praticamente impossível: são esses profissionais que estão na linha de frente para analisar tendências e lidar com o público-alvo da organização.

Se esse é o seu caso e você quer conhecer técnicas de como melhorar a produtividade nas empresas, este post é para você! Aqui, você vai encontrar dicas que podem ajudar a levar seu empreendimento a obter ótimos índices nesse aspecto. Acompanhe!

Formas de melhorar a produtividade nas empresas

Algumas estratégias são bastante úteis para fazer as empresas ganharem um diferencial competitivo na produtividade. E isso é essencial, já que vai fazer a organização ser capaz de se destacar perante a concorrência. Confira!

1. Adote o coaching empresarial

Essa dica é essencial para quem quer melhorar o desempenho da equipe. O coach é o especialista responsável por direcionar e orientar os colaboradores em situações que exigem preparo. Além disso, o coaching oferece dicas valiosas ao gestor que quer melhorar a produtividade dos funcionários.

2. Ofereça incentivos

Embora muitas empresas já utilizem uma política de incentivos, é sempre bom estimular a equipe de diferentes formas. Pode ser, por exemplo, o sorteio de brindes ou a inclusão de benefícios: é natural que essas ações impliquem uma melhora dos resultados.

3. Aposte em flexibilidade

O estabelecimento de metas preocupa muitos funcionários que temem não conseguir atingi-las. Então, por que não torná-las mais flexíveis? Assim, elas vão parecer mais fáceis de atingir, e isso diminui drasticamente a ansiedade da equipe — que consegue se desenvolver sem ficar presa ao resultado a ser alcançado.

Vale lembrar, no entanto, que essa flexibilidade não deve prejudicar a produtividade da organização. Ela deve ser usada para criar mecanismos que permitam tornar o atingimento de metas satisfatório de forma a levar aos resultados pretendidos.

4. Use dinâmicas de grupo

Em alguns momentos, é preciso desacelerar para chegar mais longe. Nesse cenário, vale elaborar dinâmicas de grupo com palestras, atividades e encontros que permitam que gestores e colaboradores troquem experiências. Essa interação ajuda no desenvolvimento do trabalho em conjunto.

5. Implante sistemas automatizados para facilitar a gestão de informações

Quando a empresa usa um sistema de gestão empresarial (Enterprise Resource Planning — ERP), o sucesso da equipe é garantido. Afinal, esse programa é voltado para as necessidades do empreendimento e centraliza os dados da companhia para ajudá-la a chegar aonde deseja. O ERP Ótimo Gestor, por exemplo, traz ótimas funções para a organização.

6. Elabore o planejamento

Planejar as ações da semana ou do mês é essencial para o sucesso da companhia. Isso porque, dessa forma, todas as atividades a serem executadas ficam dentro de um roteiro que vai facilitar a vida de todos os envolvidos nos processos.

7. Incentive o diálogo

Se não houver um bom relacionamento entre gestores e funcionários, não é possível estabelecer diretrizes para garantir a produtividade. Então, o melhor caminho é a adoção do diálogo e da exposição de ideias para que ambas as partes consigam encontrar saídas para os desafios que surgirem ao longo do caminho.

A importância de avaliar o desempenho

A avaliação de desempenho permite identificar aspectos que requerem melhoria na empresa. Sua aplicação ajuda os colaboradores a compreenderem suas funções, seus objetivos, suas expectativas e como podem ter sucesso em seu desempenho.

Isso é possível porque ela evidencia dificuldades de relacionamento, determina formas de aperfeiçoar a equipe, demonstra a evolução dos funcionários e incentiva a motivação e a satisfação. Assim, a gestão de Recursos Humanos (RH) tem as informações necessárias para tomadas de decisão mais precisas.

Seu intuito é possibilitar o desenvolvimento profissional: é por meio das análises que se pode compreender os talentos dos colaboradores, otimizar o desempenho da equipe e estimular os esforços para alcançar resultados positivos tanto para os colaboradores quanto para a empresa.

Para ter melhores resultados, ela deve ser periódica e ter padrões comuns para todos os cargos. Para definir a melhor forma de avaliar, a organização deve criar um sistema condizente com sua cultura que ajude a trazer resultados benéficos sem provocar conflitos.

Indicadores que a companhia deve acompanhar

O primeiro passo para determinar quais indicadores devem ser avaliados, portanto, é conhecer os processos da empresa a fundo. Veja, a seguir, alguns índices que podem ajudar na avaliação da produtividade nas empresas.

Índice de atenção

Pode ser medido de forma individual ou por setor para verificar a dedicação de cada colaborador às tarefas diárias de acordo com as metas estabelecidas. Além de apontar os profissionais que estão concentrados em suas atividades, permite saber quem está com dificuldades no desenvolvimento das tarefas.

Clima organizacional

O clima organizacional está associado ao relacionamento entre os profissionais e a empresa. Por isso, influencia diretamente a produtividade dos funcionários. Afinal, a produtividade é proporcional à qualidade de vida que a companhia proporciona aos colaboradores, pois os faz se sentirem valorizados e estimulados.

Rotatividade e absenteísmo

A rotatividade e o absenteísmo são medidas primordiais na gestão de pessoas. Enquanto a primeira mostra como está o número de demissões em relação ao de funcionários ativos, a segunda possibilita identificar os motivos que fazem os colaboradores não estarem 100% presentes.

Em ambos os casos, a companhia precisa avaliar suas estratégias e analisar se há dificuldades internas que provocam insatisfação. Podem ser as condições de trabalho, problemas pessoais, má gestão e conflitos internos. Quando descobre os motivos, a empresa pode agir para solucioná-los.

De forma geral, então, ficar de olho na produtividade nas empresas é essencial para garantir  seu sucesso. Além de avaliar como os profissionais têm se saído na tarefa de fazer a organização se destacar perante a concorrência, é preciso aplicar estratégias que os ajudem a melhorar seu desempenho e, assim, serem capazes de atuar no sentido de cumprir as metas predefinidas para atingir os resultados almejados.

E então, gostou deste conteúdo? Quer saber como, de fato, colocar essas táticas em prática no seu empreendimento? Então, continue com a gente e saiba como funciona a consultoria em gestão empresarial para pequenas empresas. Boa leitura!

Comentários(0)

Deixe um Comentário