Gestão de manutenção: saiba por que fazer manutenção nos equipamentos

Home / Dicas de gestão / Gestão de manutenção: saiba por que fazer manutenção nos equipamentos

Dentro de uma estrutura corporativa, a gestão de manutenção exerce um papel fundamental, pois permite que a empresa opere com qualidade e produtividade os seus equipamentos. Quanto mais efetivo esse trabalho for, mais perto da excelência em execução o empreendimento estará.

Basicamente, o conceito refere-se ao trabalho de supervisionar e garantir o funcionamento das máquinas e equipamentos de uma empresa. O objetivo é evitar que a organização sofra prejuízos com a paralisação ou a ineficiência das suas ferramentas.

Continue lendo e entenda os pontos mais importantes sobre a gestão de manutenção e como ela pode trazer grandes benefícios para sua empresa. Boa leitura!

Como se divide a gestão de manutenção?

Sabemos que a gestão de manutenção é o trabalho de monitoramento e prevenção para que os equipamentos funcionem de forma eficiente. Para facilitar o entendimento, ela é dividida em dois grupos: planejada e não planejada.

No grupo da gestão planejada, temos a manutenção preventiva, preditiva e corretiva; enquanto no segundo grupo, temos a manutenção corretiva não planejada. Continue lendo e entenda melhor cada tipo.

Manutenção preventiva

A manutenção preventiva baseia-se em manter o nível de serviço dos equipamentos, programando as intervenções em suas vulnerabilidades nos momentos mais oportunos. O trabalho é aplicado de maneira sistemática, ou seja, o equipamento é inspecionado mesmo que não tenha apresentado nenhum sintoma de defeito.

Manutenção preditiva

Conhecer e relatar constantemente o status e a capacidade operacional das máquinas, tendo ciência dos valores de certas variáveis, que representam o estado e a capacidade operacional, é a base da manutenção preditiva. 

Para aplicá-la, é necessário identificar variáveis ​​físicas (temperatura, vibração, consumo de energia etc.) e indicar quais apresentam algum tipo de problema no equipamento. Esse é um trabalho mais técnico, pois exige o uso de recursos avançados e conhecimentos específicos.

Manutenção corretiva

Na manutenção corretiva, o conjunto de tarefas é destinado a corrigir os defeitos encontrados nos diferentes equipamentos e que são comunicados à gestão de manutenção. É um trabalho pontual e preciso.

Manutenção corretiva não planejada

Diferentemente da manutenção corretiva planejada, aqui, não existe nenhum tipo de informação ou aviso. A intervenção só acontece quando o equipamento apresenta, de fato, um defeito, obrigando os gestores a deixar a máquina parada enquanto os procedimentos são feitos.

Independentemente do tipo de manutenção escolhida, é interessante contar com a ajuda de softwares específicos para o armazenamento e compartilhamento de informações sobre o estado dos equipamentos.

Quais os benefícios da gestão de manutenção para sua empresa?

Logicamente, esse trabalho direcionado traz grandes benefícios para a sua empresa. Confira alguns deles.

Melhoria na eficiência operacional

A gestão de manutenção ajuda a fornecer informações necessárias para o monitoramento dos equipamentos. Isso significa que as máquinas funcionarão melhor e proporcionarão bons resultados por mais tempo. 

Além disso, esse serviço ajuda no rendimento da empresa à medida que ela pratica uma eficaz administração dos recursos físicos. Sem programas de manutenção abrangentes, os ativos se desvalorizam rapidamente e as máquinas que estão gastas demais podem ser apenas um escoamento de dinheiro.

Aumento no desempenho financeiro

Como colocado, o uso de métodos automatizados para uma manutenção contínua pode diminuir os custos. E isso acontece de muitas maneiras diferentes. 

Por exemplo: a manutenção preditiva pode salvar um equipamento de alto valor de um mau funcionamento ou da necessidade de substituição em um curto espaço de tempo. Já a manutenção preventiva pode diminuir os custos de mão de obra. 

O resultado final é que, quando as empresas investem mais em seus principais ativos e mantêm as máquinas funcionando, economizam dinheiro agregando valor na execução do trabalho diário. 

Maior satisfação do cliente

Esta é uma questão clara: quando os ativos e equipamentos são mantidos em condições melhores e mais funcionais, os produtos e serviços resultantes têm um nível mais alto de qualidade e isso aumenta a satisfação do cliente.

Enfim, a gestão de manutenção é o trabalho essencial para empresas que dependem de máquinas para garantir a continuidade do negócio, seja para aluguel, seja para produção. Por isso, analise as informações apresentadas e mantenha os seus equipamentos sempre em ótima qualidade.

Continue se aprofundando no assunto e confira o nosso artigo sobre o monitoramento de máquinas de locação.

Comentários(0)

Deixe um Comentário