Locação de máquinas e equipamentos: como fazer o planejamento?

Home / Dicas de gestão / Locação de máquinas e equipamentos: como fazer o planejamento?

Criar um planejamento sólido e coeso é um dos segredos de sucesso para qualquer negócio, inclusive no ramo de locação de máquinas e equipamentos. Se considerarmos que o setor de locação sempre apresenta imprevistos para os empresários, essa ideia é ainda mais verdadeira.

Ou seja, para não correr riscos desnecessários e garantir o capital investido nos equipamentos, você deve se preparar previamente, construindo um planejamento detalhado e estruturado. Ele será a base que sustentará e indicará para os colaboradores quais ações devem ser tomadas em diferentes situações.

Para facilitar mais ainda, neste artigo, vamos apresentar algumas dicas sobre como montar um ótimo planejamento de locação de máquinas e equipamentos. Continue a leitura e confira!

Comece com foco e direcionamento

Para qualquer planejamento ser bem-sucedido, é preciso estar calcado no foco e no direcionamento. Na área de locação, isso significa que você deve definir qual setor será o enfoque dos aluguéis — por exemplo, construção civil, indústria, carpintaria, agronegócio etc.

Esse trabalho é importante, pois dará o conhecimento sobre as demandas de equipamentos de cada nicho, quais possuem boa saída e quais não são tão interessantes. Nessa etapa, você também pode estudar a possibilidade de investir no aluguel de ferramentas que possuem uma boa procura, mas são difíceis de encontrar na sua região.

Mantenha a organização

Em um planejamento de locação de máquinas e equipamentos, a organização começa antes mesmo da aquisição de qualquer peça. Basicamente, você precisa criar uma planilha com tópicos pertinentes, a fim de separar e organizar as ferramentas. Por exemplo:

  • preço;
  • tamanho;
  • cor;
  • tipo;
  • manutenção.

Assim, a cada novo equipamento você terá maior organização sobre o seu estoque. Esse trabalho prévio também será de grande utilidade em futuros inventários.

Separe os equipamentos disponíveis

Para não correr o risco de alugar o mesmo equipamento para dois clientes ao mesmo tempo, a sua equipe deve separar as peças disponíveis daquelas que já estão comprometidas. Pode parecer uma questão óbvia, mas esse tipo de erro acontece muito em empreendimentos sem organização.

Todavia, aqui, o conceito de “separar” não se limita à parte física. Isso é importante, mas é preciso que os dados no sistema também mostrem quais equipamentos estão disponíveis para locação e quais não estão.

Crie um registro de manutenção

Em uma empresa de locação, boa parte do capital está investida nos equipamentos. Isso significa que cuidar das ferramentas é garantir um bom retorno financeiro. Nesse sentido, aplicar estratégias de manutenção é fundamental.

Porém, não para por aí. A cada nova intervenção é preciso que se faça um registro da situação, com data, hora, peças trocadas etc. É necessário também que no registro conste qual tipo de manutenção foi aplicada (preventiva, preditiva ou corretiva).

Somado a isso, é interessante que toda vez que os equipamentos voltarem para a empresa, eles passem pelo sistema de manutenção.

Conte com um software de gestão

Com certeza você percebeu que, na maioria dos tópicos, a organização de informações era parte vital dos processos. Todavia, em pleno século 21, uma empresa que deseja se destacar perante a concorrência não pode se dar ao luxo de organizar os seus dados mais importantes em blocos de anotações ou em programas convencionais de computador.

Afinal, estamos falando de altos investimentos e a necessidade de uma grande rotatividade de processos. Por isso, não corra riscos: conte com um software de gestão para solidificar o seu planejamento de locação. Um sistema de gestão não só permite que você armazene e organize as informações, como também gera um compartilhamento e integração geral da empresa.

Enfim, não há dúvidas de que no setor de locação de máquinas e equipamentos a organização é vital para o sucesso de um negócio. Porém, como explicado, para garantir que tudo funcione da melhor maneira e que todas as ferramentas estejam disponíveis para o cliente, o planejamento de negócio deve ser iniciado muito antes de qualquer ação prática. Então, analise as informações apresentadas e comece a destacar a sua empresa agora mesmo.

Gostou deste artigo? Que tal agora conferir o nosso texto sobre a importância do sistema ERP na locação de equipamentos? Não perca tempo!

Comentários(0)

Deixe um Comentário