O que não pode faltar ao contratar um sistema ERP para a sua empresa?

Home / Dicas de gestão / O que não pode faltar ao contratar um sistema ERP para a sua empresa?

Você já contratou um serviço e, durante sua execução, não era aquilo que esperava? Assim como em qualquer outra situação, antes de adotar um Entreprise Resourse Planning (ERP), o empreendedor deve estar atento a alguns detalhes para tirar melhor proveito do investimento.

É importante observar vários aspectos: desde verificar o histórico da empresa até avaliar como será o suporte antes e depois da implantação do sistema, passando pela observação de comentários de outros clientes.

Neste post, apresentamos seis itens que devem ser observados para garantir um melhor planejamento antes de implantar um sistema ERP. Ficou interessado? Continue acompanhando!

Procure padronizar os dados

O primeiro passo é verificar como os dados estão organizados em suas respectivas bases. Ao transferir informações de uma planilha para outra manualmente, por exemplo, pode ocorrer de a pessoa responsável pela tarefa esquecer de copiar algum detalhe ou até duplicá-lo sem perceber.

Esses erros afetam o software de forma negativa, retornando dados inconsistentes e não confiáveis. Por esse motivo, é necessário analisar e buscar a uniformidade das informações. Assim, é essencial manter a mesma metodologia em todas as atividades para evitar que algum dado seja transferido de forma incorreta de uma plataforma para outra.

Analise atividades responsivas

A automação oferecida pela ferramenta deve ser feita de forma criteriosa. É essencial que se determinem quais atividades demandam resposta rápida e merecem o investimento da tecnologia.

Por exemplo, uma determinada marca vende os mesmos produtos tanto pelo site quanto na loja física. Caso não tenha um sistema apropriado, o vendedor pode vender um item em ambas as plataformas e ser surpreendido ao saber que tem apenas uma unidade no estoque. Como não havia uma comunicação entre os sistemas, será preciso cancelar uma das compras.

Inicie com baixo investimento

Uma grande vantagem da metodologia é dar liberdade para o gestor fazer um planejamento de quais áreas sofrerão alterações. Como o ERP oferece a possibilidade de expansão, ele pode optar por fazer um baixo investimento no início, com foco em apenas alguns setores. Conforme o empreendimento for crescendo, pode melhorar outros departamentos com a metodologia.

Busque um sistema ERP intuitivo

Mudanças na forma de trabalhar podem causar estranheza nos colaboradores, principalmente quando é necessário utilizar uma nova ferramenta. Para uma migração mais agradável, é recomendável a participação dos funcionários do setor na escolha do sistema. Ao explicar os motivos da mudança (como melhorar a performance da equipe, por exemplo), a resistência à alteração tende a diminuir.

Caso seja necessário, os colaboradores envolvidos podem marcar uma reunião com o gestor e o fornecedor do software para alinhar detalhes. Isso evita problemas posteriores.

Procure por soluções na nuvem

Nos últimos anos, a procura por serviços na nuvem aumentou bastante. Afinal, além de melhorar o desempenho, ela traz muitos benefícios (como a facilidade de acessar informações de qualquer lugar) e os usuários podem contar com a segurança dos dados entregues a esses serviços.

Com o ERP não é diferente: com a base de dados armazenada na nuvem, não há a necessidade de mandar arquivos por e-mail, por exemplo, e correr o risco de utilizar versões desatualizadas.

É necessário ter um bom planejamento na hora de escolher um sistema. Depois disso, basta procurar uma empresa que ofereça um serviço de acordo com as suas necessidades e, principalmente, seja de confiança. A Ótimo Gestor cria sistemas e oferece serviços personalizados para cada cliente. Tem alguma dúvida sobre como implantar um sistema ERP em sua empresa? Entre em contato com a gente!

Comentários(0)

Deixe um Comentário