O setor da construção civil nunca teve um crescimento tão rápido como nos últimos anos. A quantidade de produtos, serviços e até mesmo tecnologias voltadas para o segmento vêm se diversificando e aumentando a cada dia.

Incluso nesse grupo está também o ramo da locação de máquinas, já que construtoras têm demandas cada vez maiores e o equipamento interno já não dá mais conta do recado. Porém, para conseguir o sucesso na gestão do negócio, é de extrema importância que as empresas locadoras consigam administrar com maestria todo o equipamento alugado para terceiros.

Por isso, no post de hoje vamos explicar quais pontos no processo de locação merecem atenção redobrada. Confira!

Registro de toda a locação de máquinas

Confiar na sua memória pode ser um erro gravíssimo e amador. Por isso, é preciso manter uma planilha com todos os clientes e distribuir em colunas as principais informações sobre suas respectivas empresas, como endereço, telefone, porte e tudo o que puder ser registrado.

Dessa forma, fica mais fácil controlar e entender quais são os perfis de seus principais clientes para conseguir atendê-los de maneira personalizada e eficiente. Os dados são úteis também para o caso de problemas com prazos, contratos e datas de entrega.

Histórico de locação

A sua empresa precisa ter total controle sobre quem alugou, o que exatamente foi alugado e por quanto tempo. Além disso, o histórico ajuda a entender quando os equipamentos precisarão de manutenção, para quais fins serão utilizados e, se na data de entrega, foram recebidos em condições adequadas.

Com o histórico fica mais fácil também fazer uma gestão de estoque mais organizada e preparar uma ferramenta para as necessidades do próximo locatário.

Manutenção regular dos equipamentos

Já imaginou ter um cliente insatisfeito por conta do mau funcionamento de algum maquinário alugado? Ou, no pior dos casos, saber que alguém sofreu um acidente por causa de um equipamento não revisado?

É de suma importância garantir que toda e qualquer ferramenta esteja em perfeitas condições antes e depois de aluga-la para uma empresa. Além de evitar todos os problemas jurídicos, com isso é possível evitar transtornos no relacionamento com o cliente.

[BÔNUS] Software de gestão para otimizar todo o processo

Deu para perceber que gestão é a palavra-chave para o sucesso no ramo da locação, não é verdade? Mas, manter o controle de todo o processo nem sempre é fácil e o processo manual pode ocasionar uma sobrecarga de tarefa e falhas de controle.

Uma solução interessante para isso é contar com um software de gestão para auxiliar nas metodologias de trabalho. Com uma boa ferramenta, a gestão de estoque ganha automatização de diversos processos organizacionais e você pode se dedicar aos processos mais estratégicos.

O ramo da locação de maquinários vem crescendo a cada ano e, para dar conta de toda essa demanda, é essencial que as empresas consigam elevar a organização interna a outro patamar. Só assim conseguirão se diferenciar da concorrência e atingir mais clientes. Por isso, é fundamental utilizar ferramentas de gestão para documentar tudo que entra ou sai do estoque.

Mas não para por aí! A locação de máquinas envolve outros fatores que também são muito importantes para o sucesso de uma empresa. Com isso em mente, confira este outro post sobre locação de equipamentos para que você não deixe passar nenhum detalhe.