Os problemas empresariais são comuns, porém, há alguns mais frequentes que, por serem conhecidos, podem ser evitados.

No caso de empresas de locação não é diferente, há alguns erros que podem comprometer o negócio quando não há controle ou planejamento. Dessa maneira, muitas instituições que não sabem como como resolver acabam prejudicando o negócio.

Para entender os problemas comuns das locadoras e como resolvê-los, acompanhe alguns exemplos e dicas que separamos neste artigo!

Falta de alinhamento entre locadora e colaborador

Para começar, um dos grandes problemas em uma locadora é a falta de alinhamento com a equipe. Com uma comunicação interna falha, é mais provável ter problemas com o desenvolvimento das atividades, ações entre equipes, contrato com o cliente e entregas.

Além disso, há recorrentes problemas entre informações repassadas e entendidas erradas, prejudicando todos os envolvidos.

Baixo engajamento com a equipe

Outro problema relacionado com o ponto anterior é o baixo engajamento da equipe. A infelicidade dos funcionários impacta negativamente no dia a dia, afinal, alguns resultados são: baixa produtividade, contato negativo com outras equipes ou resultados de menor qualidade.

O baixo engajamento como um dos problemas comuns das locadoras pode ser analisado e revertido a partir e algumas ações, como ao realizar pesquisas com formulários anônimos, conversas formais ou informais.

É a partir dessa comunicação que se torna possível entender se os problemas em engajamento são pessoais ou gerais na empresa, direcionando uma ação individual ou para a equipe.

Erros na comunicação entre equipe e cliente

Outro dos problemas comuns das locadoras é o desalinhamento entre cliente e equipe. Uma coisa é oficializar alguns serviços e produtos com o cliente e estabelecer prazos, outra questão é direcionar isso para a equipe e preparar os trabalhos.

É recorrente que haja ruídos ao repassar essas questões e, assim, acabar sobrecarregando os funcionários com prazos curtos e entregas irrealistas. Esse problema gera ou agrava os outros citados aqui neste artigo, prejudicando a empresa e equipe.

Baixa qualidade nas entregas

Ao oficializar o contrato de locação, é prometido um equipamento de qualidade que entregue o que o cliente busca. Se o produto não atingir as expectativas do cliente ou apresentar problemas em pouco tempo, há descrença e insatisfação do consumidor, comprometendo aquela e futuras locações.

Além disso, um cliente insatisfeito pode divulgar a marca negativamente e realizar reclamações, influenciando outras pessoas.

Empresa sem missão bem definida 

Por fim, um dos piores problemas comuns das locadoras é o desalinhamento sobre a missão, visão e valores da empresa. Se os sócios e gestores não estão em concordância sobre o futuro do negócio e os pilares que regem o local, não há como passar isso para os funcionários.

Essa falta de transparência não passa confiança aos colaboradores, que podem ficar inseguros quanto ao seu futuro profissional na empresa. Para evitar isso, é necessário ter uma cultura empresarial bem definida, com valores discutidos e alinhados com a equipe.

Além disso, todos esses problemas podem ser discutidos e resolvidos a partir de um planejamento prévio, pesquisa sobre as causas e planos de ação. Além disso, a área de comunicação deve ser criada e estar alinhada com essas questões, integrando todos os funcionários.

O que achou dos problemas comuns das locadoras? Agora que você conhece, pode criar estratégias para evitar essas questões e manter um bom trabalho entre todos. Se quiser saber mais sobre as possibilidades de gestão de processos em locadora, acesse nosso outro artigo e confira!