Sistemas de gestão de estoque – conheça as principais vantagens

Em um cenário de competitividade, uma empresa precisa saber lidar com alguns detalhes que fazem toda diferença. A contratação de um sistema de gestão de estoque merece total atenção, pois é a partir deste gerenciamento que o seu negócio estará diante daquilo que precisa ser desenvolvido a fim de não haver nenhuma possibilidade de perda de material e, consequentemente, de clientes. Além disso, com este programa especial, sua empresa pode avaliar a disponibilidade de seu fornecedor, por exemplo.

É imprescindível que uma empresa que esteja inserida no contexto atual fique atenta a muita coisa, e o controle do almoxarifado é apenas um item que merece total atenção a fim de se evitar o desperdício de recursos. Veja abaixo as principais vantagens dos sistemas de gestão de estoque e como isso pode impulsionar as suas vendas.

Controle do pedido de compra com o sistema de gestão de estoque

O sistema de gestão de estoque permite que você e outros gestores de sua empresa tenham o controle acerca do pedido de compra feito ao fornecedor. Inclusive, o software indica a data em que você solicitou ao fornecedor o produto ou material, assim como se o fornecimento foi feito de forma satisfatória, dentro do prazo, etc.

Emissão de relatórios efetiva

A ferramenta trabalha de forma a efetuar uma gestão eficaz e que promova um controle bastante abrangente no que diz respeito ao estoque. Funciona da seguinte maneira: o sistema desenvolve a gestão e, partir disso, produz a emissão do estoque da empresa ou então de terceiros que estão em poder da empresa. Por conta disso, o seu negócio tende a ganhar um aliado de peso, pois, com o sistema de gestão, você fica por dentro da localização do produto, se ele está na própria empresa ou na posse de terceiros, por exemplo. Todo o controle em mãos.

Estoque mínimo

Quando se descobre pouca quantidade de uma mercadoria em estoque, é sinal de preocupação diante da possibilidade de esgotamento do produto em questão. O sistema, então, alerta quando há pouca disponibilidade de um material em estoque. Todo o levantamento é feito na precisão da ferramenta, uma vez que ela informa o mínimo de mercadoria em estoque.

Atualização automática

Com a tecnologia, os serviços tendem a ser otimizados. O sistema de gestão também atua na entrada e saída de mercadorias de forma eficiente. Esse movimento é feito de maneira automática. A ferramenta atua assim: quando a Nota Fiscal Eletrônica é recebida, a Receita Federal identifica e certifica a quantidade de produtos em seu estoque. Quando ocorre o contrário, a emissão da Nota, a Receita toma conhecimento da situação do estoque à saída de materiais. Tudo é minimamente acompanhado como forma de levar ao empresário um controle efetivo.

Entendidos os benefícios que um sistema de gestão de estoque traz ao gerenciamento de seu empreendimento, chega a hora de aprender o que considerar no momento de escolher o seu software. As várias opções no mercado possibilitam uma escolha consciente e produtiva, tendo em vista suas necessidades. Abaixo vão algumas dicas para ter em conta na hora de fazer sua escolha.

Particularidades da empresa

Ninguém conhece seu negócio melhor do que você. Por isso, antes de escolher o sistema de gestão, leve em consideração todas as particularidades de sua firma. Variáveis como tamanho, ramo, e público-alvo são determinantes na escolha do sistema de gestão de estoque mais apto a otimizar seu trabalho.

Um programa bem escolhido se ajustará com a cultura da empresa e trará funcionalidades alinhadas ao segmento. Isso é crucial, pois garante que o software escolhido se ajustará às necessidades da firma e aumentará a eficiência de controle.

Compatibilidade

Tome nota dos pré-requisitos para rodagem do sistema. Em muitos casos, é possível executar o software em equipamentos já existentes dentro da organização, evitando gastos desnecessários com a compra de novos hardwares.

Não considerar a compatibilidade antes de tomar a decisão pode trazer prejuízos e dor de cabeça, já que o dinheiro investido será ineficaz e trará a necessidade de novos investimentos.

Funcionalidade e praticidade

Verifique se o programa a ser adquirido oferece um sistema de aprendizado dinâmico e intuitivo. Programas complexos demais podem mostrar-se inefetivos no curto prazo, uma vez que levarão mais tempo para ser assimilado por gestores e funcionários.

Tenha certeza de estar adquirindo um produto que de fato traz os atributos necessários para otimizar todo o processo de gestão. Entender de forma clara o que a plataforma oferece, e como ela pode ajudar a resolver problemas é determinante na tomada de decisão.

Manutenção

Durante a contratação de seu sistema de gestão de estoque, verifique se a empresa responsável pela venda oferece um serviço satisfatório de manutenção. Desta forma é possível evitar prejuízos causados por defeitos que prejudiquem o funcionamento do sistema.

Ter o respaldo de um suporte técnico adequado e de confiança traz segurança a todos os colaboradores, que terão maior facilidade em superar os obstáculos impostos pelo uso de um novo sistema. É recomendável manter, no início, uma linha aberta de comunicação com o suporte técnico, a fim de entender completamente o funcionamento do sistema.

Custo-benefício

O custo-benefício é o indicador que define a melhor escolha a ser feita. Através deste conceito, busque adquirir o produto que traga mais benefícios do que custos. Ou seja, tenha certeza que o valor gasto será justificado. Confira quanto dinheiro é possível desprender do orçamento sem gerar rombos na parte financeira, e gaste conscientemente.

Uma das formas mais eficazes de realizar essa tarefa é através da ampla pesquisa de preços no mercado antes de tomar a decisão. Consulte vendedores, busque feedbacks de pessoas que já utilizem o programa e tenha sempre em mente que o software e suas funcionalidades devem ser alinhados com a cultura da empresa.

Além desses pontos citados acima sobre as vantagens de se implantar um sistema de gestão  em sua empresa, vale lembrar que existem outros benefícios, como impulsionar investimentos em mercadorias, evitar o desperdício ao solicitar um produto que já está estocado, amostragem e análise de resultados, entre outros.

São evidentes os benefícios que o sistema de gestão de estoque pode trazer para a sua empresa, mas é preciso tomar a decisão com atenção. Siga nossas dicas apresentadas ao longo do texto e não terá problemas. Tenha sempre em conta as particularidades da empresa, as características do produto e o seu custo benefício.

E aí, se sente mais preparado para aplicar este tipo de gestão na sua empresa? Não deixe de nos seguir no Facebook para mais dicas e informações!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos te ajudar?