Gerenciar os técnicos externos é algo complexo para a administração de uma empresa. Afinal, mesmo com trabalhos internos, é preciso acompanhar as atividades, os resultados e garantir as entregas. No atendimento externo esse contato é mais restrito e, assim, necessário.

Em locadoras, para que as equipes estejam em sintonia com o cliente e com as demandas da empresa, os gestores precisam definir uma metodologia que funcione para todas as partes. Assim, é preciso entender quais os problemas desse gerenciamento e quais as melhores ações.

Quer conhecer algumas dicas e informações úteis sobre o gerenciamento de técnicos externos? Continue lendo e acompanhe as novidades!

Entenda as principais dores no gerenciamento de técnicos externos

Antes de definir mudanças na locadora, é preciso entender detalhadamente quais as principais dificuldades no gerenciamento de técnicos externos. Essas deficiências podem ser relacionadas tanto com a parte técnica do trabalho quanto com questões comportamentais e de comunicação, prejudicando uma entrega de qualidade.

Como exemplo, alguns problemas comuns podem ser resumidos em:

Tempo de atendimento

O tempo de atendimento define se o técnico irá realizar 2 ou 4 visitas ao dia. Claro que esse tempo varia de acordo com cada problema, porém, há sempre algumas médias que podem ser consideradas.

Assim, se nas atividades da locadora não há como acompanhar esse tempo por não haver contato com o colaborador ou pela ausência de pontos e relatórios, não é possível dividir bem os trabalhos, responsabilidades e demandas do mês, comprometendo as atividades.

Comunicação clara

A comunicação é com certeza prejudicada com o atendimento externo. Porém, há diferenças entre uma comunicação menos assertiva e uma comunicação impossível.

Assim, muitas vezes a empresa compromete suas entregas justamente por estabelecer uma comunicação errada com o técnico. Ele pode realizar trabalhos divergentes da demanda do cliente, se preparar para um tipo de serviço e, ao chegar no local, encontrar outro. O técnico externo também pode ter problemas com a localização do espaço e inúmeras outras questões originárias pela falta de comunicação.

Acompanhamento do profissional

Por fim, o acompanhamento do próprio profissional é comprometido com a ausência do gerenciamento de técnicos externos. O resultado disso é a desmotivação do colaborador, falta de especialização nos atendimento e turnover previsível.

Todos esses problemas são exemplos comuns em empresas locadoras, além de uma série de outros exemplos. Assim, se você identificou algum deles na sua empresa, é hora de conhecer as dicas a seguir!

Defina um bom planejamento

Após entender os elos fracos do gerenciamento de técnicos externos, é hora de pensar em um planejamento que esteja de acordo.

Nesse momento é importante considerar o timing da locadora. Evite realizar muitas mudanças bruscas que influenciam nas entregas ou que comprometam a atuação do profissional. O ideal é equilibrar pequenas ações para que o trabalho seja qualificado aos poucos e as demandas atuais ainda sejam atendidas.

Como exemplo dessas melhorias, o gerenciamento de técnicos externos pode ser qualificado a partir de ações como:

Inovações e apoio profissional

Dia a dia as inovações surgem no mercado, considerando desde produtos e serviços até técnicas de gestão, controle e desenvolvimento de equipes. Assim, um primeiro momento é pesquisar quais as inovações do mercado quando o assunto é gerenciamento de técnicos externos, evitando contar com tecnologias ultrapassadas ou ações defasadas.

Essa pesquisa pode ser ainda mais assertiva com o apoio de consultorias, profissionais fornecedores e especialistas na área, uma questão que deve ser foco no período de planejamento.

Alinhamento com a equipe

Depois das pesquisas, é importante avisar a equipe que algumas ações serão testadas para que o gerenciamento de técnicos externos seja qualificado. Esse alinhamento impede que os colaboradores sejam pegos de surpresa e não concordem ou não estejam preparados para as mudanças.

Crie estratégias

Por fim, algumas estratégias podem ser consideradas na hora de qualificar o gerenciamento de técnicos externos. Como exemplo, citamos algumas:

Treinamento

O treinamento ajuda a alinhar as novidades e metodologias entre equipes. Assim, é recomendável um treinamento regular e marcado, com temas específicos que envolvem o trabalho técnico ou mesmo ações voltadas para postura comportamental do funcionário, seu gerenciamento de tempo e organização.

Opte pelo uso de tecnologias

A tecnologia é um grande apoio na hora de gerenciamento de técnicos externos em locadoras, justamente por permitir um contato à distância e a realização de algumas tarefas. Como exemplo dessas tecnologias, há:

  • Sistema de ponto móvel: um sistema de pontos online que permite que o funcionário registre o começo e o final de seu expediente. Esse sistema marca os horários e localização do funcionário, o que facilita o controle e a gestão externa;
  • Videoconferência: as chamadas de videoconferência não servem apenas para o contato social. No gerenciamento de técnicos externos, é possível combinar horários com o colaborador para ele passar reports sobre o serviço e, ainda, utilizá-la no caso de dúvidas e necessidade de contato com a empresa;
  • Software de gestão: o software de gestão centraliza algumas possibilidades, como o próprio ponto móvel. Além disso, por ser uma plataforma única, os relatórios são feitos por ela e emitidos em tempo real, facilitando a comunicação. É possível também comparar resultados e medir o desempenho dos funcionários, ótimo para acompanhar o progresso da equipe e usar em feedbacks.

Mensure os resultados

Por fim, não adianta realizar diversas ações sem comprovar sua efetividade. Assim, é importante mensurar os resultados e entender se as mudanças fizeram sentido, influenciando positivamente na ação de gerenciamento de técnicos externos.

Assim, se alguma atividade não estiver rendendo os melhores resultados, é sempre possível mudar e mensurar novamente.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre o gerenciamento de técnicos externos? Quer entender as soluções para seu negócio? Aproveite para entrar em contato com a Ótimo Gestor e conversar com nossos especialistas!