O que devemos falar sobre os direitos e deveres dos colaboradores?

*Por Sérgio Bueno, CEO da Ótimo Gestor  

O colaborador, para mim, é o principal ativo de uma empresa. Mas o termo começou a ser usado pelas empresas lá na década de 1990, para substituir as palavras funcionário e empregado. Isso porque o conceito de colaborador vai além da execução de uma função em uma companhia: traz uma dimensão participativa de quem está integrado às equipes e coopera com uma instituição.  

Só que antes de falarmos sobre os colaboradores, precisamos contextualizar as empresas. De forma bem simples, uma organização é um sistema econômico que produz e oferta produtos e serviços para a sociedade. O seu principal papel é gerar valor e maximizar o lucro, sobrevivendo à competição do mercado e contribuindo para a geração de renda.  

Para fazer com que a empresa desenvolva os seus produtos e serviços e esteja apta para comercializá-los, um time de especialistas em diversas áreas é indispensável – e este é formado pelos colaboradores.  

Segundo especialistas em RH, o colaborador é o profissional que conhece as metas e os objetivos da empresa e contribui para que ambos sejam alcançados. A diferença básica entre ele e o funcionário e/ou empregado é a mentalidade, pois olha para o todo e não apenas para a execução das suas tarefas individuais. 

Quando nós, líderes, temos isso em mente, estamos aptos a criar um ambiente sustentável e harmonioso para a convivência dos grupos, com direitos e deveres definidos para todos. E este é um dos temas que ficou mais em evidência no último ano com a mudança para o home office, quando passamos a interagir digitalmente e perdemos o contato pessoal diário.  

Quais são os direitos dos colaboradores?  

Segundo o dicionário, o direito é uma reunião de leis que mantêm e/ou regulam a vida em sociedade. Quando levamos para o sistema empresarial, são as regras estabelecidas para que a ordem seja mantida.  

Na prática, as empresas elaboram os seus estatutos internos, os quais definem quais são as atribuições de cada lado. Na nossa, por exemplo, temos o nosso regimento e o cumprimos para que o ambiente seja de respeito, colaboração e alcance dos resultados.  

Agora, vamos conhecer quais são os direitos e como estabelecê-los.  

  1. Os direitos começam com o contrato de trabalho. É por meio deste acordo que tanto o colaborador quanto a empresa estabelecem as primeiras regras desta relação.  
  1. Adequação do tempo da jornada de trabalho de acordo com as atividades realizadas por cada colaborador. 
  1. Receber os benefícios acordados no contrato de trabalho. 
  1. Ter condições dignas para cumprir as atividades acordadas.  

De outro lado, os deveres dos colaboradores para com as empresas são: 

  • Comportamento adequado, seguindo às normas internas.  
  • Manter o sigilo das informações internas, sem divulgação das mesmas para sua rede de contato externa. 
  • Realizar as suas atividades com integridade, honestidade e zelo. 

Dever das empresas com os seus colaboradores  

Os colaboradores são o nosso principal ativo. E é por isso que buscamos capacitar, valorizar e motivar cada um deles, para que possam se desenvolver profissional e pessoalmente. 

De modo geral, as empresas são encarregadas de: 

  • Cumprir as legislações vigentes. 
  • Proporcionar um ambiente íntegro e de respeito mútuo. 
  • Oferecer condições para a realização das atividades. 
  • Prezar pela segurança de todos os seus colaboradores. 

Porém, não é apenas isso. A empresa é a responsável por entender os colaboradores, os seus anseios e apoiá-los no crescimento. 

Em nosso negócio, criamos um programa de desenvolvimento de jovens. Por meio de uma mentoria com o CEO e do acompanhamento em suas áreas, eles conhecem todas as frentes do negócio e são capazes de entender em quais se encaixam melhor. 

Com essa ação, buscamos formar profissionais engajados e preparados para atuar em diversos cenários e contribuir com o crescimento das empresas, bem como dos movimentos de transformação.  

O que aprendemos no último ano com os direitos e deveres dos colaboradores 

O trabalho remoto colocou em evidência que a liderança é a maior responsável por engajar os colaboradores. Em um momento em que o contato pessoal diário passou a ser feito por uma tela, destacam-se aquelas empresas que conseguem manter a integração e a motivação de todos.  

Neste caso, devido ao período vivido, é dever da empresa zelar pela saúde e o bem-estar não apenas dos colaboradores internos, mas também de seus familiares. Por isso, cabe a cada líder entender as configurações de suas equipes para buscar uma assistência personalizada, assim como compreender quais são os pontos comuns entre todos os times para que a empresa possa promover uma política integral. 

Outro ponto a ser considerado é o perfil de cada segmento e o momento de mercado. Para nós, por exemplo, é uma fase favorável, pois apresentamos crescimento e nos preocupamos com os colaboradores que já faziam parte da nossa equipe e com as novas contratações. Oferecemos benefícios e a proximidade para que se sintam pertencentes à empresa, mesmo que não tenham o contato físico diário. 

Incentivar o progresso dos times também é uma ação bastante positiva, sendo um direito e dever de ambas as partes – empresa e colaborador. Ao receber a oportunidade de se desenvolver e poder contribuir para o negócio, esse profissional é capaz até mesmo de migrar de área de atuação internamente, com novas oportunidades dentro da companhia.  

De acordo com o estudo Tendências Globais de Capital Humano, da Deloitte, o modelo ROWE (Results Only Work Environment – resultados apenas no ambiente de trabalho, em português), é uma das tendências que têm mais adeptos no mercado. O método consiste em mensurar os resultados e o desempenho de cada colaborador, incentivando a todos conforme o ranking estabelecido. 

Olhar para os colaboradores em períodos como o que vivemos traz ainda mais benefícios em termos de negócio, pois há comprometimento e maior crescimento. Porém, é importante que os líderes tenham em mente que os direitos e deveres de ambos os lados devem ser cumpridos, para que haja respeito mútuo, que é a base de qualquer relacionamento, principalmente os profissionais.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos te ajudar?