Você que é gestor ou trabalha com locação, está preocupado com a administração financeira da sua locadora de equipamentos? Quer melhorar a performance e os resultados, mas acredita que precisa investir muito dinheiro para aprimorar essa gestão? Não sabe ao certo o que gerenciar, quais os indicadores mais importantes e para que serve cada um deles?

Hoje, você vai entender qual o impacto de uma administração financeira funcional e organizada na sua locadora. Vamos a um exemplo bem prático que acontece no âmbito pessoal.

Imagine uma família que não planeja sua vida financeira. O tempo passa, as contas chegam, as dívidas aumentam e nunca sobra dinheiro. Quais são as sensações que essa situação gera? Frustração, arrependimento e outras questões emocionais que desgastam o indivíduo.

A mesma coisa é com um negócio. A administração financeira é fundamental para o crescimento de qualquer empresa, independente do ramo em que atua.

Vamos explicar tudo o que você precisa fazer para ajudar sua locadora de equipamentos a organizar a administração financeira e tomar decisões mais assertivas.

No artigo de hoje você vai ler:

  • Qual a importância da administração financeira para as empresas?
  • Quais os indicadores financeiros recomendados?
  • Para que serve os dados da administração financeira da sua locadora?
  • Como a gestão à vista impacta no time e nas decisões?

Qual a importância da Administração Financeira para as empresas?

Acompanhar a gestão financeira é oferecer o diagnóstico da saúde monetária de sua locadora por completo, seja no passado e presente. Entretanto, além de olhar para esses dois tempos, é fundamental compreender o futuro. Para saber como será o comportamento financeiro da sua locadora dentro do curto, médio e longo prazo, é preciso enxergar a previsibilidade financeira.

A previsibilidade é obtida por meio de informação e planejamento orçamentário bem trabalhado. As previsões dos números são necessárias para tomar decisões importantes que podem impactar todas as áreas da empresa.

Elas são pautadas em dados e informações sobre a macro e micro economia, área de atuação, sazonalidades do mercado como, por exemplo, datas comemorativas, períodos de alta e baixa nas vendas. Além do histórico de experiências passadas, análise da concorrência e comportamento dos clientes.

É decisivo estar preparado e antecipar-se a esses eventos. Quais os equipamentos eu consigo financiar daqui a 2 anos para alugá-los? Quanto que vou conseguir investir na minha locadora no médio prazo? Posso contratar mais colaboradores? Qual vai ser o meu retorno de um contrato de locação de 12 meses? Quais as estratégias que devo tomar para alavancar as vendas ou criar promoções e incentivos?

Com a previsibilidade aliada a uma administração financeira que tem um controle criterioso, você será capaz de responder a todas a essas perguntas. Considere adotar um software de gestão que vai facilitar a organização dos seus dados.

Quais os indicadores financeiros recomendados?

Existem muitos indicadores financeiros que sua empresa pode acompanhar, mas dentre eles você encontra os que são fundamentais para sua locadora de equipamentos. Confira:

Inadimplência

O Indicador de Inadimplência é importante para medir como está o desempenho do setor de cobrança e qual o índice atual do inadimplemento de seus clientes. Assim, por meio desse indicador, você será capaz de tomar ações que resultarão em melhorias de processos, treinamentos de negociações, políticas e metas para redução da taxa de inadimplência.

Rentabilidade de Contratos

A Rentabilidade de Contratos é um indicador fundamental para monitorar qual o retorno do investimento feito para os contratos de locação, dentro de um determinado período. Ele vai indicar se a sua locadora está perdendo dinheiro ou não com esses contratos.

Por meio de um software de gestão ERP, você consegue enxergar todos os custos que estão alocados em um determinado contrato. Esses custos podem ser, por exemplo, as manutenções corretivas feitas durante o período de vigência. Assim, é possível validar o impacto desses valores na rentabilidade total do contrato.

Fluxo de Caixa

O fluxo de caixa é um dos relatórios mais importantes, uma vez que ele mostra as movimentações financeiras dentro de um período. As entradas e saídas de capital devem ser registradas. Os lançamentos precisam ser feitos de forma criteriosa e com máxima atenção.

Um número que não é lançado pode comprometer o planejamento orçamentário e as decisões dos gestores. Por isso, o auxílio de um sistema de gestão ERP é fundamental para diminuir o risco de falhas. Dentro do fluxo de caixa existem alguns que são específicos como, por exemplo, o analítico, sintético e por competência.

>>> Fluxo de caixa automatizado: por que sua locadora deve adotá-lo?

Fluxo de Caixa Projetado e Realizado do Contas a Pagar e Receber

Este indicador mostra todas as contas pagas e recebidas no período. Ele engloba o pagamento de fornecedores, obrigações fiscais, custos operacionais, além do recebimento à vista e a prazo de seus clientes, seja em mensalidade recorrente ou venda única.

Além do que já foi realizado, é essencial a administração financeira do que ainda será pago e recebido. Esse controle vai permitir olhar a previsibilidade financeira e entender o cenário de sua Locadora no momento presente e futuro, direcionar investimentos e utilizar as finanças de forma inteligente e segura.

Ponto de Equilíbrio

O ponto de equilíbrio é um indicador muito interessante, também chamado de break even point. Ele mostra o quanto de faturamento que a empresa precisa para que todos os custos e despesas sejam pagos, sem ficar no negativo.

A partir do encontro do ponto de equilíbrio, o gestor pode mapear quais serão os esforços para que as novas locações e vendas de equipamentos gerem lucro. Dessa forma, a locadora pode ser transformada em um negócio viável, ao mesmo tempo em que são pagos os custos e despesas fixas.

MMR Acumulado

O MRR (Monthly Recurring Revenue) ou, em português, Receita Recorrente Mensal, é um indicador que calcula o pagamento mensal de seus clientes. Esse indicador é comumente usado por empresas que adotam o sistema de assinatura recorrente.

Por exemplo, para calcular o MRR da sua locadora, pegue todos os contratos que têm vencimento para o mês seguinte e faça o cálculo dos valores a serem pagos, excluindo serviços extras.

Assim, você terá o seu MRR que vai auxiliar na tomada de ações estratégicas para conquistar novos clientes, criar metas e aumentar a receita, seja com a aquisição de novos contratos ou upgrades para a base já existente.

CAC

O CAC é o Custo de Aquisição de Clientes, indicador que mostra o quanto você está investindo, em média, para conseguir um novo cliente. É muito utilizado, sobretudo, pelas áreas de marketing e vendas, que monitoram os esforços para fechar um contrato.

É importante considerar todos os custos envolvidos no processo de aquisição desse novo cliente. Dependendo do resultado, será preciso realizar medidas estratégicas para diminuir o custo ou investir um pouco mais pesado nas divulgações e treinamentos de negociações e vendas, por exemplo.

LTV

Life Time Value é um indicador que mostra o tempo, em média, que o seu cliente compra e mantem relacionamento com a locadora de equipamentos. Ele determina quanto o seu cliente tem de valor para o negócio, dentro de um determinado período.

Ele não pode ser menor que o CAC, já que isso mostra que você está investindo pesado na aquisição de um novo cliente que está oferecendo um retorno baixo. Aqui, o relacionamento com seu cliente é algo fundamental a ser trabalhado para aumentar o tempo de retenção.

Churn Rate

O churn rate é um indicador que mostra a taxa de cancelamento dos contratos de locação dentro de um determinado período. Essa taxa deve compreender de 5 a 7% para se tornar aceitável, segundo especialistas.

Assim, você vai ter uma ideia de como está o posicionamento da sua locadora perante a seus clientes, a qualidade do servico oferecido, dos equipamentos alugados, bem como o atendimento.

A depender dos resultados, é fundamental estruturar um time de sucesso do cliente, suporte e relacionamento para medir o nível de satisfação e evitar um aumento no churn rate.

Para que serve os dados na Administração Financeira da sua Locadora?

Os números não mentem e eles estão ali para balizar as suas decisões. Assim, você se posicionará por meio de dados, e não vai agir pela emoção. Os indicadores são fundamentais para que sua empresa tenha um direcionamento e seja muito mais assertiva com informações organizadas, diminuindo a chance de erro.

Existem duas expressões bem conhecidas no mundo da gestão que são o KPI e OKR. São siglas importantes para quem faz a gestão financeira e gerencia a empresa como um todo.

Os KPIs (Key Performance Indicators) são, em tradução, Indicadores Chave de Performance que monitoram o desempenho de uma ação para identificar se os objetivos estão alcançados. Eles estão ligados aos resultados de determinada estratégia como, por exemplo, a taxa de redução da inadimplência e o faturamento do mês passado.

os OKRs (Objectives and Key Results) são, em tradução, Objetivos e Resultados-Chave. Eles são fundamentais para monitorar se o propósito em comum de uma empresa está sendo alcançado, a partir das metas estipuladas para as equipes e colaboradores.

Vamos a um exemplo prático: Márcia é Analista de Cobrança e o seu objetivo é diminuir a taxa de inadimplência de 15% para 4%. O que ela terá que fazer para que esse objetivo seja alcançado? São os resultados-chave como, por exemplo, aplicar técnicas de negociação mais efetivas e entender o que está acontecendo com cada cliente.

Como a gestão à vista impacta no time e nas decisões?

A importância da gestão à vista é a visibilidade dos números e indicadores para o time. É fundamental que todos acompanhem qual o caminho que está sendo tomado e, com isso, o impacto que os resultados estão gerando na empresa.

Quando a equipe sabe o que está sendo monitorado, a performance aumenta, porque, além dos indicadores do departamento, existem também os indicadores individuais. Cada pessoa terá o compromisso de ajudar no alcance dos objetivos e da meta. Logo, os números devem ser divididos por pessoa, de acordo com as tarefas que cada um está imbuído, avaliando como esses números individuais impactam no time.

Assim, os gestores podem tomar decisões de forma muito mais humana e com lógica, baseado em dados. Logo, eles podem ser capazes de verificar quem está com mais ou menos performance e oferecer o suporte necessário para aumentar os resultados.

>>> 4 Perguntas e Respostas Sobre Gestão À Vista

Veja abaixo, por exemplo, o vídeo que mostra o dashboard financeiro do Sistema Ótimo Gestor. A plataforma é capaz de trabalhar com múltiplas empresas. Confira:

 

Viu como a administração financeira da sua locadora de equipamentos é fundamental para o alcance de resultados?

Gerenciar a previsibilidade financeira, monitorar os indicadores, incentivar a equipe por meio de gestão à vista, com os números em tempo real, são as ferramentas fundamentais para uma locadora de equipamentos crescer.

Para que você faça a administração financeira de forma rápida e simplificada, com tecnologia que diminuía o risco de falhas, você precisa de um sistema ERP. Conheça a Ótimo Gestor – plataforma especialista para quem vende, aluga e realiza manutenção em equipamentos. Fale agora mesmo com nosso time comercial e marque uma consultoria.

 

 

SIMULE PLANOS EXCELENTES PARA QUEM É UM

ÓTIMO GESTOR