O que a sua locadora precisa para ter uma comunicação assertiva

Você sabe como a comunicação assertiva pode ajudar a sua locadora? 

Primeiro, vamos contextualizar o que é comunicação. Segundo o dicionário, é a ação de transmitir uma mensagem e, eventualmente, receber outra mensagem como resposta. Ou seja, é o que possibilita a troca de informações entre dois interlocutores.  

E esta é a habilidade requerida de um profissional para se relacionar com segurança e posicionamento com o público-alvo. Sendo assim, irá te ajudar a conquistar não só a atenção como a colaboração do consumidor. Comunicação assertiva irá te ajudar na conquista não apenas da atenção, como da colaboração do consumidor. 

Apesar de ser um conceito simples, muito se confunde o significado de “ser assertivo” com a agressividade na fala. E essa agressividade é totalmente oposta com o que o conceito de assertividade representa. Ser um assertivo e um bom comunicador é impor firmeza e respeito por meio de palavras e gestos, buscando não causar conflitos. 

Com isso em mente, listamos tudo o que você precisa saber para implementar a comunicação assertiva na sua locadora. Continue neste artigo, aqui você verá: 

  1. Vantagens da comunicação assertiva; 
  2. Como desenvolver a comunicação assertiva; 
  3. Principais práticas da comunicação assertiva. 

 

  1. Vantagens da comunicação assertiva 

Nas empresas, um dos erros mais comuns é a falha de comunicação. Não compreender o que outro diz gera retrabalho e desgaste entre os times internos. Logo, há prejuízo no alcance dos objetivos. Por isso, listamos as vantagens que a sua locadora pode ter ao investir na comunicação assertiva: 

  • Melhora a capacidade de expressão e, consequentemente, a imagem da empresa; 
  • Aumenta o respeito dos colaboradores e do mercado; 
  • Auxilia na resolução de conflitos; 
  • Ajuda na negociação; 
  • Dá mais credibilidade; 
  • Reduz ruídos causados pela falta de comunicação. 

2. Como desenvolver a comunicação assertiva 

Desenvolver uma comunicação assertiva é algo que demanda tempo. Porém, ao aplicar conceitos básicos, é possível aplicá-la em sua locadora: 

  • Busque a capacitação 

Não basta apenas ter conhecimento técnico, é importante saber as competências comportamentais que a empresa espera de um colaborador. Depois disso, analise quais são seus pontos fortes e o que precisa melhorar. Após essa análise, você saberá exatamente qual é a capacitação que deve procurar para cada função. 

  • Invista no autoconhecimento 

Saiba quais são as principais características de cada um. Estas são aquelas que diferenciam cada pessoa. Ao criar consciência do que você precisa melhorar, a promoção dessas mudanças se torna algo muito mais fácil. 

  • Tenha conhecimento do que fala

     

Evite falar sobre assuntos em que você tenha pouco conhecimento. Ao abordar um tema não conhecido, seus argumentos podem ser prejudicados. Para isso, busque informações e adquira experiência prática. Dessa forma, você terá mais propriedade ao falar sobre um determinado tema.  

  • Preste atenção à linguagem oral 

Quando a linguagem oral não é utilizada de forma adequada, a fala pode gerar ambiguidade. Portanto, seja claro e defenda seu ponto de vista com flexibilidade.  

A comunicação assertiva é o fator chave na hora de conquistar não só a atenção, como a colaboração do consumidor.
A comunicação assertiva é o fator chave na hora de conquistar não só a atenção, como a colaboração do consumidor.

3. Principais práticas na comunicação assertiva 

Na hora de desenvolver a comunicação assertiva da sua locadora, há algumas práticas que podem te auxiliar: 

  • Saiba a hora certa de falar 

A comunicação assertiva não é apenas sobre fala, mas também está atrelada a saber o momento em que deve se pronunciar. Ou seja, observe o máximo e analise a situação antes de tomar uma decisão.  

Por exemplo, se algum cliente aparece em sua locadora para fazer uma reclamação, o escute com atenção. Mesmo que você esteja certo sobre o assunto, interrompê-lo é a pior decisão a ser tomada neste momento. Palavras erradas ou ditas em horas inadequadas são capazes de comprometer a sua confiabilidade. Primeiro, escute o que o consumidor tem a dizer e depois haja de acordo com o que a situação pede. 

Vale ressaltar que essa sensibilidade de saber a hora de se impor e falar o que é necessário vem com o tempo. Não fique frustrado. Pratique muito, pois haverá o momento em que você conseguirá realizar essa tarefa de olhos fechados. 

  • Pratique intermediação

     

Seja um intermediador para os seus colegas e fortaleça o trabalho em equipe. Motivar os funcionários e incentivar o aprimoramento da fala é uma ótima oportunidade. É normal que algumas pessoas tenham dificuldade em se expressar, pode ser pela timidez, por exemplo. Por isso, dê apoio à sua equipe e garanta um ambiente que represente segurança a eles. 

  • Prestar atenção à expressão corporal 

Outro ponto importante é a expressão corporal. Ela pode dizer muito sobre a pessoa com quem você está conversando. Imagine que você esteja tentando fechar um negócio para o aluguel de equipamentos móveis em construção civil.  

Os gestos, expressões corporais e até mesmo a postura do cliente podem te transmitir informações. Isso te indica se o receptor da mensagem está tenso e em dúvida sobre continuar com a negociação ou se é o oposto. Por isso, não se esqueça de prestar atenção a esse detalhe. 

Dessa forma, você saberá qual a melhor forma de se portar diante deste consumidor e na situação que está sendo vivenciada.  

Se você chegou até o final desse texto, foi possível aprender algumas práticas de comunicação assertiva. Esperamos que você possa implementar essas ações para que consiga não só atrair mais clientes, como também incentivar e motivar os seus colaboradores a saírem da zona de conforto. E se achar que ainda precisa de mais ajuda, a ÓTIMO GESTOR é a empresa certa para te auxiliar, pois trazemos guias práticos e textos que ajudam na administração de sua empresa. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos te ajudar?