Guia simples e prático da precificação de equipamentos

Está precisando de ajuda para precificar os seus equipamentos? Preparamos um guia simples e prático para te orientar no cálculo da precificação de equipamentos para locação. 

Antes de qualquer ação, é fundamental saber o que é a precificação. Este processo define um valor quantificável para a venda de produtos ou serviços. Ou seja, é o ato de estabelecer quanto o cliente irá pagar para obter o que o seu negócio tem a oferecer. 

O preço não é algo fixo, ele é influenciado por elementos do micro e macroambiente. 

Entender como é realizada a precificação é fundamental para o setor financeiro de sua empresa. Isso porque, dependendo da estratégia escolhida, o seu negócio poder ser alavancado ou prejudicado.  

Por conta disso, montamos um guia para te ajudar na precificação de equipamentos da sua locadora. Continue neste artigo, aqui você verá: 

  1. Defina a sua estratégia de precificação; 
  2. Valor versus Preço; 
  3. Como calcular a precificação de equipamentos. 

 

1. Defina a sua estratégia de precificação 

Antes de calcularmos os preços, precisamos traçar uma estratégia. Ou seja, decidir aonde a empresa quer chegar e qual será o caminho a ser escolhido. Por isso, separamos algumas táticas para te apoiar: 

  • Estratégia Competitiva de Foco 

Primeiro, analise o seu público-alvo e responda: ele é restrito? produto oferecido é único para esse perfil consumidor? Se a resposta for “sim”, é o caminho certo a ser seguido. Com um público mais restrito, as chances de perder o foco são menores. Logo, a sua atenção estará dedicada às margens e indicadores sobre o seu negócio e clientes. 

Caso a sua empresa tenha um perfil de clientes mais amplo, o foco torna-se muito mais necessário. Afinal, é um desafio manter todas as informações necessárias organizadas para a criação da precificação. 

  • Estratégica Competitiva de Custos 

Esta estratégia tem como foco o volume de produção e vendas. Ela busca evitar o alto número de perdas na produção e enxerga o preço como fato principal da competição no mercado. Por isso, não prioriza tanto os investimentos de marketing, no produto ou até mesmo na distribuição.  

O foco é total no volume do que é produzido. Desta forma, as vendas podem ser elevadas já que se tem um alto número de produtos no mercado. Um bom exemplo é a Amazon, que conta com o serviço de frete grátis para os anunciantes. Essa é uma estratégia de custos prioriza a venda. Independente do preço dos produtos, seus assinantes não terão que pagar o frete. Consequentementeo valor final fica menor e mais atrativo. 

  • Estratégia Competitiva de Diferenciação 

Esta modalidade tem como objetivo a exclusividade. Ou seja, ela é capaz de fazer o cliente se sentir diferenciado e especial. Normalmente, as lojas estão em locais específicos, com atendimento personalizado. Tudo para que o consumidor se sinta bem ao frequentá-las.  

O exemplo, para esse caso, é a Apple. A cada lançamento é possível ver os consumidores comentando nas redes sociais e fazendo filas para adquirir os seus produtos. Tudo isso graças à exclusividade gerada pelo mesmo. 

Neste caso, ter bons investimentos é fundamental. Pois mesmo que o preço de seus equipamentos seja alto, os consumidores irão pagar pelo diferencial. Porém, saiba investir em tecnologia, qualidade do produto e do serviço. Assim, a sua locadora justificará o alto preço em relação à concorrência.  

Entretanto, cuidado com o excesso de diferenciação. Ela pode ser a responsável pela redução do seu público e o preço, consequentemente, torna-se muito elevado para o mesmo. 

2. Valor versus Preço 

Muitas vezes as palavras valor e preço são utilizadas como sinônimos. Porém, o conceito por trás delas é bem diferente. 

Preço é a variação estabelecida no valor em uma negociação. Ou seja, é como as ações comerciais podem influenciar no que é cobrado. Logo, a definição do preço é feita  através de cálculos matemáticos. Sempre levando em conta os gastos da produção + a margem de lucro desejada. Em resumo, é uma junção de variáveis tangíveis relacionadas ao dinheiro. 

O valor é uma percepção dos consumidores. Envolvem o quanto eles estão dispostos a investino produto ou serviço. O valor, além de estar conectado com os processos de comercialização, também está diretamente ligado com a valia tangível do público-alvo. 

Para a composição do valor, levamos em consideração fatores de pós-venda, da relação entre a marca e o cliente, da ideologia, de utilidadeetc. Por exemplo, a indústria do entretenimento consegue usar o apreço dos consumidores para a criação de brinquedos. O custo de produção de um boneco do Homem de Ferro será o mesmo que o do Gavião Arqueiro. Porémo valor será diferente, pois a admiração pelo personagem do Homem de Ferro é maior, e será um dinheiro bem gasto na visão dos clientes. 

3. Como calcular a precificação de equipamentos 

Vamos ao cálculo! Primeiro, tenha em mente que – clichê ou não – ‘cada caso é um caso. Ou seja, a precificação de um equipamento para a construção civil será diferente de notebooks alugados por conta do home office. 

Entretanto, há algumas ações que são comuns em todos os casos e podem ser recomendadas para serem utilizadas no cálculo: 

  • Calcule os custos variáveis 

Como falamos anteriormente, o preço não é algo fixo. Porém, há custos que podem ser considerados fixados e variáveis. Esse último é o que devemos ficar mais atentos, pois podem se perder ao longo do tempo se você não se mantiver atento.  

Por isso, confira sempre os seus gastos para que não tenha nenhuma surpresa. Isso irá influenciar no preço final de seu produtopara que você possa sair no lucro. 

  • Regime tributário 

No Brasil, temos diferentes regimes tributários. Dependendo do tipo escolhido pela sua empresa, pode influenciar completamente na precificação de seus equipamentos. Isso se dá pelo fato de que os produtos e serviços devem contar com uma porcentagem de imposto. Assim como o seu negócio deve pagar impostos para o governo. 

Se a sua empresa está no Simples Nacional (micro e pequenos negócios), o pagamento dos impostos é feito pelo DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional). A alíquota é determinada pela atividade da empresa e pode variar entre 4% e 22,5% do faturamento mensal. 

O Lucro Presumido é para empresas com receita de até R$ 78 milhões. Neste caso, o cálculo do Imposto de Renda e da Contribuição Social é por meio de uma margem fixada para atividades comerciais e prestação de serviço. Portanto, o PIS e a COFINS são determinados de acordo com o faturamento mensal da empresa. 

Outro tipo de regime tributário é o Lucro Real para empresas com receitas acima de R$ 78 milhões. Neste caso, o PIS e a COFINS são cobrados, sem acúmulo, com um percentual de 9,25%. Além disso, também há o Imposto de Renda e o CSLL. 

Mas por que é preciso saber de tudo isso? Essa é uma forma legal de economizar no pagamento de impostos. Eao reduzir essa despesa, a sua margem de lucro se torna maior. Logo, o preço do aluguel dos seus equipamentos se torna mais competitivo no mercado. 

  • Margem de lucro 

Não tem uma margem de lucro ideal para um tipo de produto ou serviço. Qualquer margem pode ser aplicada levando em consideração os itens anteriores. Porém, sua empresa deve definir uma taxa que mantenha as contas no azul. 

Para isso, o segredo está no valor monetário. É possível calcular a margem de lucro por meio desse valor depois da estimação no número de vendas.  

  • Cálculo da precificação 

Por fim, leve em conta os elementos operacionais e o valor tangível do equipamento que irá alugar. A fórmula mais usada nesse cálculo é: 

Preço de venda=Custos Variáveis−Margem de Contribuição+Despesas Variáveis/100

 Após esse cálculo, o seu preço de aluguel está definido. Porém, como falamos anteriormente, há variáveis. Por issoesse preço precisará passar por reajustes de tempos em tempos. 

Após esse guia, esperamos que você tenha sanado suas dúvidas em relação à precificação de equipamentos. Caso precise de ajuda, conte a ÓTIMO GESTOR! Criamos um ERP completo de gestão para te auxiliar a manter o setor financeiro de sua empresa sempre em ordem. Invista no aluguel de equipamentos sem complicações!  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos te ajudar?