gestão contábil e fiscal de uma locadora de equipamentos ainda é um assunto pouco recorrente entre os gestores. O que poucos sabem, porém, é o modo como essa gestão deve ser feita para que haja vantagens para a instituição. Ela pode ser bem mais estratégica, prática e útil para o gerente que opta por ferramentas de apoio, como o ERP.

Para entender mais sobre o assunto, confira e acompanhe o tema conosco!

Como funciona a gestão contábil e fiscal?

O trabalho de gestão contábil e fiscal parte de informações obtidas a partir de análises e estudos sobre a empresa. Seu objetivo é reunir dados sobre os patrimônios e finanças da empresa. Tais informações são usadas em decisões e aplicações essenciais para o desenvolvimento da locadora de equipamentos, por exemplo.

Esses dados são captados com o dia a dia de trabalho, insights dos gestores e pesquisas entre as equipes. Dessa forma, além de relatórios que possam ser usados como base em algumas ações, há atividades como:

  • Cálculo de guias de tributos; 

  • Estudo sobre questões trabalhistas; 

  • Análise sobre o cumprimento dessas questões; 

  • Garantia do cumprimento das obrigações contábeis e fiscais da empresa; 

  • Emissão de documentos e relatórios. 

A responsabilidade da gestão contábil e fiscal também visa acompanhar as obrigações tributárias da empresa e atualizar os responsáveis. Assim, ela garante que as atividades sejam compatíveis com as normas da legislação.

A gestão contábil também orienta o colaborador a verificar se tal ação está acompanhando a legislação de maneira correta. Ela identifica como cada trabalho impacta no cálculo dos tributos.

Há benefícios com esse tipo de serviço?

A partir de uma gestão contábil e fiscal adequada, há algumas vantagens que variam com o tipo de necessidade e aplicação da empresa. Os exemplos que apresentamos são:

Legislação 

A legislação brasileira muda com muita frequência e exige acompanhamento que pode ser comum com a gestão contábil e fiscal. Além disso, o profissional é responsável por garantir que a empresa siga essas definições, reduzindo riscos e garantindo o acompanhamento burocrático e jurídico.

Administração 

A gestão contábil e fiscal ajuda o gestor na hora de tomar algumas iniciativas. Por exemplo, no momento de realizar empréstimos bancários para áreas da locadora de equipamentos que posam ter maior investimento ou mesmo em momentos que devem ter retenção de custos.

Esse apoio ajuda a equilibrar os custos e ganhos da empresa, evitando problemáticas fiscais e monetárias.

Além dessas áreas, a gestão contábil e fiscal pode ser aplicada em outros setores da empresa. Basta entender suas funções e direcionar as atividades.

Como transformar a gestão contábil e fiscal da minha locadora de equipamentos?

Para que a gestão seja realmente eficaz e dê conta de todas as demandas da empresa, muitos gestores passaram a optar por soluções que apoiam o profissional. Dentre elas, o ERP (Enterprise Resource Planning) surge como solução para a área.

Com o sistema de ERP, todos os dados e informações da empresa são centralizados em uma só plataforma. Muitas ações podem ser automatizadas e programadas pelo gestor. 

Assim, na área financeira, por exemplo, o ERP registra e apresenta todas as movimentações financeiras previstas e realizadas. O sistema também automatiza algumas ações, como ao realizar cálculos automáticos de juros, análises e liberações financeiras de pedidos e até mesmo calcular e contemplar impostos previstos.

Ao optar pelo ERP, além de gerar praticidade e automação, a gestão contábil e fiscal se torna mais assertiva e adequada aos trabalhos do gerente. É possível qualificar os resultados das ações e garantir um ambiente com atividades compatíveis com a lei e os recursos do local.

Gostou de entender mais sobre gestão contábil e fiscal? Conheça a Ótimo Gestor e entenda como nosso Sistema ERP pode ajudar sua locadora de equipamentos!

Ah, e aproveite para entender como aumentar o faturamento e o destaque da sua locadora!